domingo, 15 de abril de 2018

COMUNICADO AOS VIGILANTES DA EMPRESA DE SEGURANÇA G4S

A Diretoria do Sindicato dos Vigilantes de Niterói e regiões, ao visitar alguns posto de serviço na nossa base territorial e conversar com alguns Vigilantes tomou conhecimento de uma reivindicação dos Vigilantes da empresa de Segurança G4S para que pudéssemos mudar o tíquete que estão recebendo atualmente da empresa.
Segundo os Vigilantes o tíquete fornecido é refeição e só pode se usado em restaurante, os Vigilantes principalmente os associados estão reivindicando o tíquete alimentação onde os companheiros possa comprar a alimentação nos supermercados e fazer a sua comida e levar diariamente para o seu posto de serviço de serviço.
A diretoria do Sindicato dos Vigilantes de Niterói de regiões mais uma vez ouvindo os pedidos dos Vigilantes associados da G4S, vem solicitar a todos os Vigilantes da empresa da nossa base territorial que é Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Rio Bonito e Maricá/RJ para que entre em contato com o nosso sindicato pelos telefones 3607-3070 / 3628-3070 a partir de amanhã dia 16/04/18 até quinta feira dia 19/04/2018 das 09:00 horas as 15:00 horas e deixe o seu posto de serviço e Município onde Trabalha para que possamos saber se é a maioria dos Vigilantes da Empresa da nossa região que estão querendo que o Sindicato busque essa mudança, porque temos como fazer.
É importante esclarecer que só vamos poder tomar uma posição na nossa base territorial.
Ficamos no aguardo do contato dos companheiros, para que possamos dar inicio a negociação com a empresa.
Mais uma vez a diretoria do Sindicato dos Vigilantes de Niterói e regiões Svnit, está ao lado dos Vigilantes em busca de melhorias atendendo as reivindicações dos companheiros.
SÓ QUEM SABE O QUE UM VIGILANTE SOFRE EM SEU POSTO DE SERVIÇO É UM OUTRO VIGILANTE.
Claudio Vigilante
Presidente do Sindicato dos Vigilantes de Niterói e regiões (Svnit).

2 comentários:

  1. G4s, não paga reajuste salarial dos Vigilantes, do interior do estado do Rio.

    ResponderExcluir
  2. G4s, não paga reajuste salarial dos Vigilantes, do interior do estado do Rio.

    ResponderExcluir