quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Falsos representantes tentam enganar vigilantes em Niterói

Empresa Centauro comunica pagamento de vigilantes da UFF até dia 20/01

A empresa de segurança Centauro informou ao SVNIT que vai regularizar os salários e o tíquete refeição dos vigilantes que prestam serviços na UFF/Niterói até a próxima sexta-feira (20/01) já que a universidade havia liberado o pagamento de faturas pendentes. O SVNIT esteve na sede da empresa para cobrar uma solução para os atrasos. Os vigilantes foram informados pelo Sindicato e decidiram aguardar os depósitos. Caso a empresa não cumpra, paralisações não estão descartadas.

O SVNIT também procurou a direção da UFF para informar sobre os atrasos e foi recebido pelo Coordenador de Material e Contratos, Paulo Roberto de Araújo, que confirmou a liberação para pagamento das faturas à empresa Centauro.

No entanto, os vigilantes da cidade do Rio de Janeiro não devem ter problemas. Nesta quarta-feira (18/01), a diretoria do Sindicato dos Vigilantes de Niterói, São Gonçalo e região (SVNIT) visitou diversos postos de trabalho e tomou conhecimento de que dois diretores do sindicato do município do Rio identificados como Mário e Marcos estiveram nos postos da UFF/Niterói para aliciar e insuflar os vigilantes a uma paralisação. Os próprios trabalhadores rechaçaram os falsos representantes.

Toda paralisação é precedida de procedimentos obrigatórios e legais para que o trabalhador não fique prejudicado. Prejuízo não é uma coisa que afeta o falso representante sindical do Rio, Mário, que está afastado pelo INSS conforme apurado pelo SVNIT. O mesmo não poderia sequer está trabalhando.

A tentativa de tumultuar e confundir os trabalhadores é, claramente, uma forma de politicagem barata que coloca em risco o emprego dos vigilantes. Caso houvesse uma paralisação, os trabalhadores poderiam ser demitidos. A invasão de base territorial demonstra a falta de compromisso com os trabalhadores de sua própria base de atuação, no caso, o município do Rio.


O presidente do SVNIT, Cláudio Vigilante, não descarta uma denúncia formal à Polícia Federal caso o aliciamento continue. “Agradecemos aos vigilantes da Empresa Centauro que reafirmaram a confiança no nosso trabalho e rechaçaram os falsos representantes. O SVNIT sempre estará presente ao lado da categoria. Se essa situação continuar vamos formular uma denúncia à Polícia Federal de atuação em base divergente da qual para onde foi eleito”, afirma.

Fonte: Imprensa SVNIT

Um comentário: