terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Campanha Salarial 2017: Não avança negociações com empresários

Em nova rodada de negociação da Campanha Salarial 2017 com o os empresários, os Sindicatos dos Vigilantes de Niterói, São Gonçalo e região, Petrópolis e região, Duque de Caxias, Itaguaí e Seropédica e Mesquita e Nilópolis recusaram por unanimidade a proposta patronal de retirada de direitos dos trabalhadores. Os sindicalistas afirmaram ainda ser impossível apresentar à categoria qualquer proposição que retire direitos já conquistados e cobrou uma contraproposta às reivindicações aprovadas pelos trabalhadores.

Uma nova reunião foi agendada para o dia 02/02 onde os trabalhadores aguardam que o patronal apresente uma contraproposta.

"Direitos se conquistam. Não se retiram. Portanto, somos contra a proposta patronal. Queremos discutir a pauta dos trabalhadores", afirma Claudio Jose de Oliveira, presidente do SVNIT.

2 comentários:

  1. Esse sindicato patronal, ta achando q os trabalhadores são escravos...

    ResponderExcluir
  2. Não se tira direitos ja concedidos;e ainda podem melhorar o valor do plano.
    Quanto ao salário,basta a reposição da inflação.

    ResponderExcluir