segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Vigilantes de Niterói e região definem propostas para Campanha Salarial 2018

Vigilantes de Niterói e região realizaram a primeira assembleia da campanha salarial 2018 no último sábado (09/12), na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói. A categoria discutiu as propostas da pauta de negociação com os patrões que começa em janeiro.

Todos os trabalhadores tiveram a oportunidade de participar e discutir saídas para garantir os direitos já conquistados na Convenção Coletiva. O Sindicato dos Vigilantes de Niterói, São Gonçalo e região (SVNIT) reforçou o pedido para que os demais sindicatos do Estado se manifestem a respeito da proposta do SVNIT para unificar a campanha salarial.

“Vamos aguardar os Sindicatos ligados à Federação dos Vigilantes (FEV) até o dia 20 de dezembro de 2017. Se não tivermos respostas vamos agendar uma reunião com os Sindicatos que já concordaram e vamos fechar a pauta e encaminhar aos patrões”, afirma Claúdio Vigilante, presidente do SVNIT.

Os Sindicatos dos Vigilantes de Petrópolis, Duque de Caxias e Itaguaí já se manifestaram favoráveis à unificação. O Sindicato de Volta Redonda também deve apoiar a unificação das negociações, de acordo membros da diretoria.

“Foi um debate muito importante, pois todos os vigilantes participaram ativamente com propostas questionamentos”, disse Cláudio Vigilante.

As propostas aprovadas foram:

- Reajuste salarial de 10% mais a inflação (INPC) do período;

- Realização das negociações no MTE para dar oportunidade aos vigilantes de acompanhar;

- Manutenção das cláusulas da CCT anterior com alterações em itens da reciclagem e tíquete refeição;

- Mudança da data base para janeiro;

- Plano de Saúde;

- Redução do desconto do tíquete refeição para 5%;

- Reciclagem seja feita 05 dias corridos;

- Gratificação de 20% sob o Piso da Categoria para os Vigilantes Bancários;

- Fixação da carga horária para os vigilantes bancários;

- Colete à prova de bala para as vigilantes femininas;

- PLR (Participação no Lucro das Empresas);


“É importante que todos os vigilantes da nossa base territorial continuem participando das assembleias convocadas pelo Sindicato. Só com a nossa união vamos alcançar bons resultados”, conclui Cláudio Vigilante.





COMUNICADO AOS VIGILANTES ASSOCIADOS AO SINDICATO DOS VIGILANTES DE NITERÓI E REGIÕES.

Convidamos a todos os associados a Compareçer a Sede do Sindicato Svnit para retirar o seu brinde (Cesta Básica), até o dia 21 de dezembro de 2017.
OBS: trazer contracheque comprovando o desconto da mensalidade para o nosso Sindicato e Carteira de Associado.
Funcionamos de segunda a sexta feira das 09:00 horas as 16 horas.
Qualquer outra informação entre em contato com o Sindicato através dos telefones: 3607-3070
 
A diretoria do SVNIT.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

COMUNICADO AOS VIGILANTES ASSOCIADOS DO SINDICATO SVNIT.



Comunicamos aos Vigilantes associados ao Sindicato dos Vigilantes de Niterói e regiões, que a partir do dia 04/12/2017, o Sindicato Svnit estará oferecendo mais um beneficio para todos os Associados e seus dependentes.

Fechamos um convênio com á CLINICA LUSIBRAS na Rua Drº. Francisco  Portela 2645, Zé Garoto – São Gonçalo, oferecendo Consultas e vários exames de laboratórios além do preventivo gratuitamente.

O Sindicato tinha um plano Medico anteriormente compartilhado onde os Associados pagavam um valor na hora da consulta, agora nenhum associado pagará nada, a não ser que seja um exame que não consta na relação do Convênio, mais terá um desconto.

Mais um beneficio que o Sindicato Svnit oferece para os Associados e seus dependentes.

Basta o Associado apresentar na Clinica a Carteira de Sócio e identidade e o dependente a sua identidade ou certidão de Nascimento para menores de idade para confirmar que a pessoa que será a tendida é a que esta na relação fornecida pelo Sindicato.

Qualquer duvida o Associado poderá entrar em contato com o Sindicato pelos telefones 3607-3070 / 3628-3070.

A diretoria do Sindicato dos vigilantes de Niterói e regiões.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

A luta começa agora com a preparação da pauta e a mobilização

O momento para toda classe trabalhadora é de mobilização. A reforma trabalhista que entrou em vigor em novembro vai, em breve, causar impactos dolorosos aos trabalhadores. A única maneira de atacar a perda de direitos é ter uma Convenção Coletiva de trabalho forte, que defenda os trabalhadores.

Por isso, o Sindicato dos Vigilantes de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Rio Bonito e Maricá (SVNIT) convoca toda categoria para a assembleia de campanha salarial 2018 no dia 09/12, às 9h, no auditório do Sindicato dos Metalúrgicos, no Centro de Niterói.

A data base da categoria é 1º de março, mas é importante começar a mobilização e a discussão da pauta de reivindicações para a batalha que vem pela frente.

A direção do SVNIT aposta numa campanha salarial unificada em todo Estado. Por isso, já enviou comunicado à Federação dos Vigilantes e ao Sindicato dos Vigilantes do Município do Rio com a proposta.

“Vamos lutar para garantir os direitos já vigentes na nossa convenção coletiva e buscar um reajuste decente para a categoria. Não vamos aceitar tentativas de diminuir direitos”, afirma Cláudio Vigilante, presidente do SVNIT.

Esse é o momento que o vigilante não pode deixar que uma minoria decida por ele. Compareça a assembleia e participe da elaboração da pauta que será encaminhada para os empresários. “Nenhum direito a menos, mais respeito com o trabalhador e vamos dizer, novamente, não à reforma trabalhista e à reforma da previdência”, assegura Cláudio.

Venha para assembleia!

Diga não ao parcelamento das férias! Não ao banco de horas e fim das horas extras! Não ao contrato intermitente com baixo salário! Não ao contrato parcial! Não ao vigilante horista! Queremos que as homologações continuem no Sindicato.


Só quem sabe o que o vigilante sofre em seu posto de serviço é outro vigilante.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA DE CAMPANHA SALARIAL DE NITEROI E REGIÕES.



Sindicato dos Vigilantes e Empregados em Empresas de Segurança, e Vigilância, de Transportes de Valores e Similares dos Municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Rio Bonito e Maricá/RJ.
CNPJ nº. 30.184.261.0001/70 Registrado no MTE sob o nº. 24000.003037/90

Edital de Convocação
O Presidente do Sindicato dos Vigilantes e Empregados em Empresas de Segurança e Vigilância, de Transportes de Valores e Similares dos Municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Rio Bonito e Maricá/RJ no uso das suas atribuições Estatutárias convoca toda a categoria dos Vigilantes e Empregados em Empresas de Segurança, de Vigilância, orgânicos e Cursos de Formação que presta serviço nos municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Rio Bonito e Maricá/RJ para a Assembleia Geral Extraordinária categoria da nossa base territorial que se realizara no dia 09 de Dezembro de 2017, em primeira convocação às 09:00 (nove horas) e em segunda e ultima convocação às 09:30 (nove horas e trinta minutos) com qualquer números de presentes, no seguinte endereço: End. Trav. Cadete Xavier Leal, 31 - Centro - Niterói RJ – (Auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói e Itaboraí), a fim de discutir e deliberar a seguinte Ordem do dia: a) Discussão e aprovação da pauta de reivindicação que constituirá na proposta de Convenção Coletiva de Trabalho para o período de 2018/2019, b) Autorização da Assembleia para a diretoria negociar, Celebrar Acordo ou Convenção Coletiva, ou se for o caso, instaurar Dissídio Coletiva na Justiça do Trabalho,c) Aprovação e Fixação de Contribuição em favor da Entidade Sindical  d) autorização para que esta Assembleia seja permanente; e) Assuntos Gerais. Niterói, 27 de Novembro de 2017. Claudio José de Oliveira - Presidente.                                                                                     

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Sindicato Svnit encaminha proposta para os Sindicatos dos Vigilantes do Estado do Rio de Janeiro para unificarmos a campanha salárial.

O Sindicato dos Vigilantes de Niterói e regiões, encaminha proposta de unificação da negociação salarial de 2018 para o Sindicato dos Vigilantes do Município do Rio e demais Sindicato do Estado do Rio de Janeiro.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

COMUNICADO AOS VIGILANTES DE NITERÓI E REGIÕES.

A diretoria do Sindicato dos Vigilantes de Niterói e regiões (SVNIT), comunica a todos os Vigilantes da nossa região, que hoje dia 08/11/17 tivemos no Ministério do Trabalho de Niterói mais uma rodada de negociação sobre a Cesta Básica de Assiduidade, foram convidadas as empresas de Segurança GP, Golden Rio, Macor e Master mais só compareceram as empresa Macor e Master, que reconheceram ser legitima a cobrança do Sindicato referente a Cesta de assiduidade, e assumiram perante o Ministério do Trabalho o compromisso de cumprimento do fornecimento do referido Beneficio.
No tocante a empresa GP Guarda Patrimonial de São Paulo Ltda, a diretoria do Sindicato solicitou de imediato na mesa redonda o pedido de fiscalização, e vamos amanha protocolar um oficio com os itens para que o Ministério do Trabalho possa se nortear na fiscalização.
Vamos pedir fiscalização por não fornecer a cesta de assiduidade para os Vigilantes que não tiverem falta, pelo não pagamento de rescisão de contrato de trabalho e dos 40% do FGTS dentro do Prazo legal para os Vigilantes demitidos, desconto indevido sem a previa anuência e conhecimento dos Vigilantes, Não vem recolhimento do FGTS dos Vigilantes corretamente e não pagamento de passagem e alimentação e das horas que o vigilante são obrigados a ficar na empresa para participar de palestras convocadas pelo banco onde a empresa presta serviço nas suas folgas, além do não pagamento das ferias corretamente e fora do prazo legal
Além disso estamos vendo juridicamente a possibilidade de denunciar a empresa na delegacia por apropriação indébita, pois esta descontando as mensalidades e contribuições dos Vigilantes associados e não está repassando para o Sindicato prejudicando o atendimento dos Vigilantes Associados do sindicato que são funcionários da empresa, total falta de respeito. Vamos ainda entrar na justiça e incluir todos os seus contratantes.
Quanto a Empresa Golden Rio Vigilância e Segurança Ltda Vamos solicitar fiscalização por não esta cumprindo a CCT de 2016/2017 no tocante ao fornecimento da Cesta de assiduidade, e vamos também entra na justiça e incluir na ação os seus contratantes.
 
A diretoria do Sindicato Svnit.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

SVNIT cobra do Detran que empresa cumpra CCT dos vigilantes

O Sindicato dos Vigilantes de Niterói e regiões (SVNIT) se reuniu nesta segunda-feira (30/10) com a diretoria do Detran/RJ para discutir irregularidades trabalhistas ou não cumprimento CCT cometidos pela empresa de segurança Claufran Segurança Patrimonial LTDA que presta serviços ao órgão. Foi apresentado ao gestor do contrato do Detran, Willian Pimentel, todas as reclamações por escrito dos três meses em que a empresa presta serviço ao órgão.

A Claufran possui em seu registro na Receita Federal um capital social de R$ 2,5 milhões, no entanto, não está pagando o adicional noturno, a Súmula 444 e não fornece uniforme corretamente para os vigilantes.

Participaram da reunião, o vice-presidente do SVNIT, Paulo Henrique e o diretor Adilson Silva, além de representantes dos sindicatos dos vigilantes de Duque de Caxias, Carlos Gil (presidente) e Luiz Ricardo (tesoureiro), além do presidente do SVNIT e Secretário Geral da Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV), Cláudio Vigilante, que também falou em nome dos Sindicatos de Petrópolis e Itaguaí. A mudança no horário da reunião acabou impossibilitando a participação dos presidentes destas entidades.

Claudio Vigilante reforçou que a CNTV está pronta para apoiar as demandas dos Sindicatos e auxiliar nas ações judiciais, se for o caso. “Vamos ficar de olho e caso nada seja resolvido vamos levar o caso para a imprensa e averiguar como foi realizada toda a licitação”, disse Cláudio.

Os dirigentes Sindicais apresentaram ao gestor uma proposta que obrigaria as empresas nas próximas licitações a apresentar certidão de nada consta emitidas pelos sindicatos representantes em cada município de idoneidade. O item constaria do edital da licitação como forma de garantir que empresas de fachada não assumam posto de trabalho na administração pública.

O gestor do Detran, Willian Pimentel, acolheu a proposta e vai encaminhar ao jurídico do Detran para análise. Segundo, o processo de contratação da empresa Claufran foi realizado de forma emergencial para atender à demanda por 180 dias. Vencido o prazo, uma nova licitação será realizada.

A informação preocupa ainda mais os dirigentes. Um contrato temporário de seis meses onde a empresa vem descumprindo obrigações já nos primeiros três meses, aponta para um futuro ainda pior.
Caso não seja possível incluir a proposta nos próximos editais, os Sindicatos alertaram que vão pedir o acompanhamento das licitações pelo Ministério Público para garantir que os contratos serão assumidos por empresas que cumprem as obrigações trabalhistas.

Carlos Gil, presidente do Sindicato dos Vigilantes de Duque de Caxias, alertou ao representante do DETRAN sobre os descumprimentos e o risco da empresa declarar falência ao fim do contrato para não pagar os trabalhadores. “Centenas de vigilantes poderão ficar sem seus salários e indenizações. Caso isso aconteça, vamos denunciar o Detran por omissão. O Detran tem por obrigação legal fiscalizar os contratos das terceirizadas”, disse.

O vice-presidente do SVNIT, Paulo Henrique, comparou a empresa Claufran  com a VS Brasil, antiga dona dos postos, que deixava de pagar os direitos dos trabalhadores. “O pior é que o DETRAN não fiscalizava como deveria. Se não tomarem providências contra a empresa, não nos resta outra alternativa que denunciar os problemas a todos os órgãos de fiscalização e expor o assunto para a grande imprensa”, reforça.


Uma nova reunião será agendada pelo gestor do contrato para apresentar as medidas adotadas pelo Detran/RJ referente às denúncias apresentadas pelos Sindicatos.

Fonte: SVNIT

domingo, 29 de outubro de 2017

Vigilantes reafirmam unidade da categoria e luta contra retrocessos no Congresso Nacional

A necessidade de resistência, mobilização, organização e luta foram destaque no debate sobre conjuntura nacional e internacional no 9º Congresso Nacional dos Vigilantes, realizado na quinta-feira (26), em Brasília. O ex-ministro da Previdência Ricardo Berzoini, o deputado distrital e diretor da Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV) Chico Vigilante e o presidente da CUT-GO, Mauro Rubens, foram os palestrantes. O presidente do SVNIT e Secretário Geral da CNTV, Cláudio Vigilante, participou de todas as discussões.

O presidente da CNTV, José Boaventura, iniciou os trabalhos parabenizando os vigilantes. “É fundamental a realização deste congresso, principalmente neste momento difícil que enfrentamos. A nossa responsabilidade é dobrada, por isso, companheiros, este deve ser um ambiente onde o ânimo e a energia devem prevalecer para avançarmos em nossas lutas. Tivemos grandes combates e muitos ainda estão por vir. Mais do que nunca, este é um momento de esperança e, principalmente, resistência”, esclareceu Boaventura.

Berzoini explanou acerca da conjuntura política internacional. Em seu discurso, o parlamentar explicou aos vigilantes sobre os reflexos do golpe no exterior. Segundo ele, o que acontece em outros lugares influencia diretamente em nossa realidade e na relação do Brasil com demais países. “O golpe no Brasil não foi apenas um golpe de brasileiros contra brasileiros. Sem dúvida houve interesses por trás de todo o processo. O Brasil é um país que tem potencial para crescer em meio às grandes potências mundiais. Sendo assim, é preciso defendê-lo desses ataques”, explica.  

Outro ponto destacado por ele foi o golpe instaurado. Para ele, a população está sendo diretamente afetada. Os reflexos dos ataques à democracia já chegaram juntamente com o fim da soberania nacional e as nocivas reformas trabalhista e previdenciária. “O papel do movimento sindical frente a esses problemas é intensificar a mobilização e batalhar para formar trabalhadores e trabalhadoras conscientes. Vivemos um período de completo estado de exceção, onde os direitos dos pobres são retirados diariamente em favorecimento dos interesses da minoria burguesa. Nossa luta deve ser constante. Vamos acabar com a perseguição à esquerda brasileira. O futuro do país está nas mãos da classe trabalhadora e a luta e unidade são a chave para barrar os retrocessos”, concluiu. 

O diretor e deputado da CNTV, Chico vigilante também alertou para a necessidade do enfrentamento. “Esses projetos nos levarão à ruína e calamidade total. Precisamos ampliar nossa representação sindical nacional e internacionalmente, organizar nossa luta e ir para as ruas. Somente com mobilização garantiremos os direitos não apenas dos vigilantes, mas de toda população brasileira”, ressaltou.

O 9° Congresso Nacional de Vigilantes aconteceu na última semana.


Fonte: CNTV

sábado, 21 de outubro de 2017

Sindicato Svnit solicita reunião com Shopping Bay Market e faz denuncia a Policia Federal

Cumprindo o que prometemos, buscamos conversar com a direção do shopping Bay Market e como não conseguimos protocolamos um oficio solicitando uma reunião, imediatamente já fomos comunicado pelo Shopping que será na próxima terça feira dia 24/10/17 as 15 horas. Vamos em busca de esclarecimentos.

 
Também oficializamos a Policia Federal um pedido de fiscalização por desvio de função, pois tem prestando serviço para o Shopping Vigilante fazendo Segurança e vigias/porteiros fazendo ronda e com rádios de comunicação se comunicando entre si o que no nosso entendimento é desvio de função.
Estamos na rua visitando outros shopping e onde detectarmos a mesa situação vamos denunciar a Policia Federal, estamos seguindo orientação do Coordenador da CCASP (Comissão Consultiva para Assuntos da Segurança Privada Drº. Carlos Rogério Ferreira Cota, que nos orientou para que ao detectar algo de irregular em algum posto de serviço como por exemplo segurança irregular que fizéssemos a denuncia a DPF e também em Brasília é o que estamos fazendo.
 
 Sindicato dos vigilantes de Niterói e regiões (Svnit)